Comportamentos e atitudes do RH na nova economia

5.10.15
RH

Atualmente vivemos uma economia digital que vem mudando a sociedade e sua forma de pensar e agir, isso tudo em uma velocidade absurda. No mundo corporativo, o RH tem sido a área mais demandada para promover a chamada "transformação digital", que requer uma revisão não só de conhecimentos técnicos, como também uma reavaliaçao de atitudes e comportamentos esperados nessa nova economia.

E, se a empresa precisa ser digital, antes de mais nada:

O RH PRECISA SER DIGITAL

A transformação digital é uma mudança de comportamento que acontece de fora para dentro, ou seja, ela se inicia no comportamento das pessoas para depois ser percebida como tendência de mercado.

Ações simples como uma transferência bancária, estudar e até mesmo trabalhar, sofreram profundas alterações com o avanço tecnológico, o que afeta diretamente em como as pessoas se relacionam e, portanto, um tema inerente ao RH.

O que antes era um luxo hoje é praticamente uma questão de sobrevivência para as empresas. Ser digital tornou-se imperativo para se manter no mercado.

Mas então como acelerar esse "RH Digital"?

Pensamento "Digital first"

Para haver essa mudança é necessário primeiro repensar como a empresa e o seu RH estão organizados, será que a hierarquia e os processos são um fator limitador ou acelerador para essa mudança? Pois ser digital vai além de estar presente nas redes sociais e ter um app, é preciso também ter "atitudes digitais", como:

Questionar a burocracia

A burocracia, enquanto processo organizador, é importante para reduzir erros e manter a empresa em ordem. Mas quando em excesso pode trazer complexidade e demora em tomada de decisão, o que talvez coloque a empresa passos atrás de uma concorrente, por exemplo.

A cada ponto de dúvida questione: " Se reduzirmos o ciclo aqui, o que perdemos? Qual o impacto?". Você verá que burocracias realmente necessárias causam um grande impacto, enquanto as desnecessárias trazem respostas vagas e com pouco peso.

Fomentar autonomia

Muitas empresas ainda são resistentes quando o assunto é conceder autonomia. Elas acreditam que fugirá do controle ou que as tarefas não serão concluídas. Mas a autonomia não é deixar o colaborador fazendo o que bem entender e entregar a hora que der, mas sim fornecer os objetivos e insumos que permitam a ele ter iniciativa nos momentos certos, executar as suas atividades da melhor maneira e responder por seus resultados.

Um colaborador com autonomia é mais responsável por cada execução, desenvolve suas habilidades mais rapidamente e se torna mais produtivo.

Começar simples e falhar rápido

O objetivo é não mais gastar meses com muito planejamento e concepção completa para depois (talvez) gerar algum valor. Ao invés disso coloque a ideia em prática com o mínimo necessário de planejamento e investimento financeiro, meça, identifique rapidamente os possíveis erros, corrija e já coloque em prática novamente. A cada retorno desses "pequenos lançamentos" você saberá onde investir melhor o seu tempo e dinheiro.

Essa interação pode ser realizada em diversas frentes do seu RH, como testar com alguns candidatos um novo método de processo seletivo ou até mesmo formatos diferentes de treinamento para os colaboradores.

Fomentar inovação

Quando juntamos um processo desburocratizado, trazemos apoio para os pequenos testes e falhas com o mínimo de investimento e total autonomia, abrimos as portas para que as pessoas sintam-se confortáveis em trazer e testar novas ideias.

Empresas que inovam conseguem criar formas de encantar os clientes, de produzir mais com menos investimento e ainda trazem um ambiente de trabalho muito mais agradável.

Investir em dados

O RH digital busca trazer para sua estratégia e tomada de decisão informações pautadas em dados, sendo possível análises como :

  • Quais áreas da empresa desempenham melhor e qual a previsão delas para os próximos meses?
  • Quais funcionários precisarão de um tratamento médico específico e como reduzir o impacto para ele
  • Como está a performance de cada colaborador e qual a perspectiva para os próximos meses


Essas são algumas das análises que o RH digital vai ter em sua base de dados e que, atrelado a uma atitude humanizada, vai ajudar o time de Recursos Humanos a direcionar sua estratégia.

Ter parceiros digitais

Um dos principais pontos dessa transformação é trazer novas tecnologias que, não apenas substituam os sistemas antigos, mas que tragam base de informações, agilidade e que automatizam tarefas operacionais, permitindo ao time de RH trabalhar mais na estratégia e em tomada de decisão.

Um dos aceleradores para um RH Digital é estar rodeado de parceiros que já tenham um trabalho bem desenvolvido, experiência e uma cultura de tecnologia forte, pois assim a implementação, atendimento e manutenção tornam-se um auxílio para o novo formato de trabalho transcorrer de maneira mais suave.

Hoje a gama de tecnologias com foco em RH só cresce, indo desde as ferramentas que desburocratizam o processamento de folha de pagamento até a utilização de inteligência artificial para recrutamento e gestão de benefícios.

Utilize esses parceiros como benchmarking, participe dos eventos que eles proporcionam e aproveite as reuniões para trocar ideia

A ideia é que com o tempo o digital torne-se parte da cultura da empresa e seja algo natural.

E se quiser bater um papo sobre como algumas empresas já estão utilizando ciência de dados para gerenciar de forma inteligente seus planos de saúde, entre em contato com a GESTO.


Fabiana Salles

CEO - GESTO

My background is engineering and I have developed my entrepreneurship since college. I’m an expert in healthcare and business intelligence having more than 17 years experience developing and providing solutions in telemedicine, corporate health care, health insurance among others.

Specialties: Entrepreneurship, start up, new product development, business development, business model, customer-focused innovation, sales management, healthcare, business intelligence, big data.


Artigos relacionados

No items found.

Saiba de nossas notícias antes! Inscreva-se agora!